Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 17, 2017

Um ano estranho

Imagem
Semanas atrás, durante um jantar na casa de um amigo, perguntaram-me como tinha sido meu ano. A única palavra que me ocorreu em resposta foi: "estranho". Como esta é a época em que blogs e outros canais de interação online costumam fazer seus balanços e deixar votos para o novo ciclo solar que se inicia, resolvi entrar na onda e elaborar um pouco mais sobre essa estranheza de 2017.

O ano começou muito bem, com a confirmação de que a Ellery Queen Mystery Magazine iria comprar um conto meu -- o segundo vendido a eles, e o primeiro escrito originalmente em inglês (o primeiro saiu em 2014; o segundo não foi publicado ainda). Logo em seguida, a canadense Mystery Weekly Magazine também confirmou seu interesse numa história minha, e tive o vislumbre de uma carreira como escritor de contos policiais para o mercado internacional (que continua em formação: a Mystery Weekly comprou outra história, agora em novembro).

Mas depois desse influxo inicial de boas notícias logo me vi precisa…

O Pentágono e os discos voadores

Imagem
Deu no New York Times: durante cinco anos deste século, entre 2007 e 2012, o Departamento de Defesa dos Estados Unidos gastou U$ 22 milhões de seu "black budget" -- o orçamento secreto usado para financiar coisas, bem, secretas -- com algo chamado Programa de Identificação de Ameaças Aeroespaciais Avançadas. Em linguagem normal, um departamento secreto de caça a discos voadores.

O dinheiro e o departamento apareceram graças a uma aliança de três senadores (dois democratas e um republicano) interessados em ufologia.  O principal artífice da ideia foi Robert Reid, do Partido Democrata de Nevada. Parece haver uma certa afinidade entre os democratas e a ufologia, amis ou menos como há entre republicanos e criacionismo: John Podesta, estrategista de campanha de Hillary Clinton, é um crente de teorias de conspiração envolvendo alienígenas.

O programa financiado por Reid não representa a primeira vez que militares americanos se interessam por óvnis, claro. De 1952 a 1969, o Projet…